Sigam-me os bons...

terça-feira, 29 de junho de 2010

A Casa da Dani Moreno...

Gente, eu vi a casa e os trabalhos da Daniela Altemann Moreno, na Comunidade da Revista Minha Casa da qual eu faço parte e por sinal sou superfanzoca.


Então... estava eu a bisbilhotar por lá, quando vi as fotos dos trabalhinhos e da casa da Dani Moreno. Eu fiquei tão, tão, tão encantada, que lhe pedi licença para postar por aqui, porque além disso aqui ser um blog, é mais ou menos um caderno de memórias, das coisas que eu vejo ou faço e quero guardar.
Sei lá, como coisas tão simples, podem fazer tanta diferença e trazer tanta personalidade pra dentro de uma casa? Vendo os trabalhos dela eu me identifiquei demais, vendo as coisas e a arrumação, tudo tão delicado apesar de meio rústico e ainda meio lúdico, parece brinquedo, dá vontade de ter igual, de fazer também... e quem me conhece sabe... Eu adoooorooo tudo isso!




E aí Meninas, muita fofurice junta não?

sexta-feira, 25 de junho de 2010

um ano de saudades...


Eu sempre amei o rei do Pop, houve fases de saber até as coreografias...
quem diria que as coisas seriam assim tão tristes e irreversíveis. Neste ano que passou,só o que eu posso dizer, é que ele faz muita falta neste nosso mundo tão musical.

quarta-feira, 23 de junho de 2010

Overdose de fofurice...

Tem muita gente talentosa no mundo... quando eu começo a navegar na net e me deparo com trabalhos como estes eu fico impressionada! caramba isso é uma overdose de fofurice, é muito cute, amigas olha estes caramujos, os boizinhos, os sapatinhos, os cupcakes... Eu quero fazer também... Isso é do blog holandes kadootje. Tem pouquinha coisa lá mas muito, muito fofas. (clica na foto para ver maior).










segunda-feira, 21 de junho de 2010

Para aquecer seu inverno...



O inverno começou oficialmente hoje mas, já faz alguns dias que vem esfriando muito por aqui, principalmente de manhãzinha e à noite, lógico né? Então porque não fazer umas receitinhas tradicionais de inverno e chamar alguns amigos pra colocar o papo em dia, quem sabe fazer uma fogueirinha, tocar violão...

Eu topo fazer as receitinhas se tiver alguém para acender a fogueira e tocar umas boas músicas pra aquecer o coração...

Vamos ver se as delícias aqui embaixo motivam alguém a se habilitar...







CANJICA



Ingredientes

1 kilo de canjica de milho (branca ou amarela)
2 latas de leite condensado
1 latas de creme de leite sem soro
1 lata de leite de coco(aproximadamente 250 ml)
250 gr de coco ralado molhado
1 litro e meio de Leite integral

Modo de Preparo


- lavar a canjica em água corrente
- deixar de molho de um dia para o outro, trocar a água e
- cozinhar na panela de pressão por 2hs
- tirar a tampa da panela, deixar secar bem a água - quando estiver com o caldo grosso, passar para outra panela grande e colocar o leite (o leite tem que estar na temperatura ambiente)
- colocar as 2 latas do leite condensado + o creme de leite + mais a lata de leite de coco
- por último o coco ralado molhado
- mexer bem durante o cozimento pra não grudar no fundo da panela
- o ponto final do cozimento será quando a canjica estiver bem grossa... aí é só servir.


Pode deixar esfriar se preferir, mas pra servir à noite é bem melhor quentinha.

Só pra dar água na boca... Esta foi eu que fiz: ficou gostosa viu?


E a outra receitinha:





VINHO QUENTE



Ingredientes:

1 copo de açúcar
Canela em rama
Cravo
1 litro de vinho
½ litro de água


1½ maçã descascadas em cubos


Modo de Preparo:
Coloque em uma panela a metade do açúcar para queimar com cravo e a canela.Em seguida coloque o vinho (misturado com a água), a maçã e a outra parte do açúcar.Deixe cozinhar por um tempo.
Pronto! Já pode servir, pois está bem quente, ou seja, no ponto!

(fontes: receita e imagem Vinho quente: portal Vale do paraíba; receita canjica: Mais Voce; imagem canjica: google imagens)

sexta-feira, 18 de junho de 2010

Cobre copos, jarras, bolos...

imagem: Babel das artes



imagens acima: Flickr - Panos e Contas

imagem: Blog Regalos


Esses cobre-tudo são superhigiênicos, evitam que os indesejáveis insetos nadem de braçada em nossos alimentos... Eca, eca... essa frase ficou ruim né? Entretanto, vou optar por não deletá-la por ser verdadeira, mas além disso, são muito lindos e delicados não é? Para quem quiser se aventurar, aqui tem um passo a passo. Até mais amigas...

quarta-feira, 16 de junho de 2010

Lugar preferido...

Aposto como você tem um cantinho preferido em sua casa.

Naturalmente que eu também tenho o meu, gosto especialmente do meu quarto, apesar de que muitas vezes ele absorve muito a barulheira da praça onde eu moro, então gosto dele de manhã bem cedo, quando a praça lá em baixo ainda está bem silenciosa, gosto de sentar-me num sofá-cama que carrego comigo há anos e nunca tive coragem para me desfazer dele, daí o único lugar da casa que coube foi o meu quarto, nele leio a Bíblia e/ou algum outro livro, às vezes faço minhas orações ali mesmo, mas de manhã nem sempre dá tempo, então deixo para depois, geralmente à noite, assim que chego do trabalho, mas é sempre lá que eu me sento quando quero falar com Deus ou pensar na vida.
Cada um de nós escolhe um lugarzinho para chamar de seu não é?


Mas então, agora olhando para esta fotografia aqui em baixo, você pode imaginar quem usava esta cadeira e esta modesta mesinha de pedra perto de uma janela por onde entrava a luz do dia, neste cantinho de cômodo para escrever?

imagem: guardian.co.uk

Pois é, quem respondeu ninguém menos que Jane Austen... Acertou! Impressionante a simplicidade do ambiente escolhido pela genial escritora para imortalizar histórias como Orgulho e Preconceito, Emma, Razão e Sensibilidade, dentre outras que sempre nos encantam. Simples mas, meio mágico não? Dá ou não dá vontade de escrever umas mal traçadas linhas?...




sexta-feira, 11 de junho de 2010

Um certo Trem Mexicano...

Conheci o tal trem mexicano através de um casal de amigos meus, o Jorge e a Ana que lideram a Igreja de Cristo Internacional de Brasília, da qual eu faço parte, eles trouxeram de uma viagem que fizeram aos EUA, eu adooorei o jogo, é muito envolvente, muito bom mesmo, mas como eu ainda não tenho o meu, fiquei um tempão sem jogar, daí sábado passado, chamei sete dos meus melhores amigos (na verdade, meus irmãos) pra um tempinho divertido em casa, não perdi tempo, pedi o dominó emprestado (obrigada Daniel e Jú por compartilharem) e fizemos uma noite de trem mexicano.

Foi tão divertido, pra comer fizemos uns sanduichezinhos com “pãezinhos reconfortantes”, como bem ensinou a Cris do blog Casa da Cris, ponche e refrigerantes para beber e foi uma noite perfeita.

(sanduíches: copinhos indianos; recheadinho de frango com tomate cereja e o pão de queijo com recheio de requeijão e salaminho)

Esse jogo é mania até entre celebridades de Hollywood como: Demi Moore e Ashton Kutcher, Salma Hayek, Penélope Cruz e Bruce Willis.

Enquanto um dominó comum envolve de 2 a 4 jogadores, o trem mexicano pode acolher até oito jogadores, com até 12 partidas por rodada, normalmente com cerca de 40 minutos cada partida.


No dominó comum, os jogadores se alternam para compor uma única fileira de pedras, no trem mexicano, cada um faz a própria seqüência de peças, chamada Trem, e assim como no dominó comum, ganha quem se livrar de todas as peças primeiro e/ou fizer menos pontos no decorrer das rodadas.



Isso é apenas o resumo do resumo, na prática o jogo tem suas regras, muitas possibilidades de estratégias, contagem e combinação de suas 91 peças.

Pra terminar, o que eu sei é que é muito divertido e a noite de sábado foi bacanérrima, e eu ainda ganhei o jogo, a galera garantiu que vai ter revanche. Povo... é só marcar rsrsrs... Obrigada: Filipe, Tom e Eva, Marcelo e Cris, Valdiney e Rani, amo vocês.


quinta-feira, 10 de junho de 2010

EU GANHEI!!!

Nossa... Vocês não sabem como eu fiquei surpresa ao chegar em casa ontem e me deparar com um pacotão enorme que veio por sedex, a Teté recebeu e colocou em cima da minha cama lá no quarto, quando vi eu pensei... Ué, não me lembro de ter comprado nada... o que será isso?

Minhas amigas, olha que sorte a minha... Eu ganhei uma das Lasanheiras do Concurso Cultural da Revista Minha Casa. Vejam só como ela é linda e grandona e tem tampa vermelha a cor que eu mais gosto, e é Marinex... muiito chic! Isso não é demais? Bom e serviu pra ficar ainda mais fãzoca da "Minha Casa" né?


quarta-feira, 9 de junho de 2010

Imagens valem mais que palavras...

Estas coisas me fazem suspirar...
vejam, é ou não é de tirar o fólego tanta fofurice junta?
Eu estou quase passando mal...
Genteeem pelo amor de Deus eu queria muito umas coisinhas destas.
Porque aqui, em terrinhas brasileiras nós não conseguimos estas coisas mais lindas de bolinhas, listrinhas e florzinhas tão delicadas hem? É muito cute, cute.



imagem: Cottage

terça-feira, 8 de junho de 2010

Pingado e Pão na Chapa...

Imagem: Receitas da Allana


Que alma não se aquece com um bom pingado e um singelo pãozinho?
A maioria das coisas que aquecem a nossa alma são tão simples não?

Tem coisa com mais sabor de infância que pãozinho com manteiga e um pingadinho preparado pela mãe?

Quem é que dispensa um queijo quente ou cuscuz ou beiju ou pão com ovo ou misto ou simplesmente um pãozinho na chapa sempre acompanhados de um delicioso pingado?

Não sei quanto a vocês, mas eu não consigo resistir mesmo. Na verdade eu gosto muito é de café.
E leite só assim... Junto com um delicioso cafezinho. E foi pensando nessa mania nacional que pesquisando eu descobri que o especialista em café Ensei Neto já falou muito sobre isso e até ensina como é que um bom pingado deve ser feito, Vejamos:

“O Pingado é uma instituição tipicamente brasileira, bebida campeã de vendas e consumo matinal nas melhores padarias país afora. Em sua receita clássica, é preparado com um autêntico cafezinho feito em coador de pano e adicionado de um pouco de leite, com se fossem apenas alguns pingos...
Tem como irmã a média, que leva mais leite, até chegar ao famoso meio a meio, quando se tem a Média Clara. Com menos leite, tem-se a Média Escura.

E, afinal, como é um bom Pingado?

1 – O café, base do pingado, tem de ser honesto, de boa qualidade e procedência. Um bom grão tem doçura e rende uma bebida saborosa e aromática
2 - O preparo do café tem de ser correto, seja como cafezinho (no coador de pano ou papel) ou expresso. Leve em consideração as quantidades, o tipo de moagem ideal para cada método e a temperatura e pureza da água
3 - Café gostoso é preparado na hora, de preferência. (Não deixe o café por muito tempo na garrafa térmica ou sob aquecimento, pois isso leva à oxidação e, portanto, a uma perda de aroma e sabor).
4 - Se o pingado for feito com expresso, o café pode ser diluído como um "carioca" antes da adição do leite. (Diluir o café, sim; diluir o leite, nunca).

(Aqui, eu Nelce, faço um parêntese: sempre achei e foi isso que me ensinaram que carioca ou carioquinha era o cafezinho diluído sim, mas com um pinguinho de leite, de forma que ainda era café só que com um pouquinho quase imperceptível de leite).

5 – Use leite de boa procedência sempre.
6 – O leite pode ser integral, semi-desnatado ou desnatado, porém, o ideal é usar o integral).
7 - Evite ferver ou aquecer continuamente o leite, para que ele não perca seu sabor e suas propriedades nutritivas.
8 - O pingado usa apenas um pouco de leite, o suficiente para criar uma cor de caramelo ao se combinar com o café. (A Média é uma variação que leva mais leite ou quantidades iguais de café e leite, meio a meio, daí o nome).
9 – Adoce a gosto. (Mas, deve ser lembrado que um bom café e um bom leite são levemente adocicados por natureza).
10 – Sendo um autentico Café da Manhã, recomenda-se como acompanhamento do pingado, um perfumado Pão na Chapa”.
E tem mais: Olha que delícia este livrinho que eu achei no meio da pesquisa, ele foi lançado em maio passado: Pingado e Pão na chapa - histórias e receitas de café da manhã

Pingado e pão na chapa: histórias e receitas de café da manhã
Autora: Luciana Mastrorosa
ISBN 978-85-89617-34-5 13 x 18 cm 136 páginas
Preço: R$ 27,00 tema: gastronomia; café da manhã

Quem vai querer um? Eu quero. A Luciana (Autora) bem que podia ver este post e doar um para ser sorteado entre os leitores do blog né? Eu sei, eu sei, somos apenas um bloguito, novo, poucos seguidores, mas quem sabe né? Até mais, pessoas...

sexta-feira, 4 de junho de 2010

Risoto de Camarão e Rúcula.



Ontem à noite, meio que de última hora, resolvi sair um pouco da rotina e fazer uma comidinha especial para minha filhota, convidei também a Karla e os meninos pra jantar. Assistimos um filminho água com açúcar, tomamos uma cervejinha bem gelaaaada (não precisa dizer que as crianças tomaram refri né?), colocamos a conversa em dia, e nos deliciamos com um risoto de camarões e rúcula que fiz meio de improviso, e ficou uma delícia. Mas também tem algum jeito de camarão ficar ruim? Eu acho que não...

Listinha do que vai precisar:

Camarões
rúcula
Arroz arbóreo
Azeite
½ xícara de suco de laranja (uma variação é vinho branco, fica melhor).
Cebolinha
Salsinha
Alho
Cebola

Eu fiz assim:

Coloquei o azeite, o alho e a cebola, fritei um pouquinho, refoguei os camarões, deixei fritar também um pouquinho, então o arroz, fritei mais um pouquinho, como não tinha vinho branco em casa, coloquei o suco de laranja e deixei evaporar, depois coloquei a água e deixei o arroz cozinhar um pouco, mexia de vez em quando com uma colher de pau, quando já estava quase pronto acrescentei a rúcula, a cebolinha, a salsinha. E então saboreamos a delícia. A fotinha não ficou muito boa por causa da luz, relevem por favor, se vocês quiserem testar vale muito a pena, modéstia a parte, ficou bom mesmo. Buono appetito!

quarta-feira, 2 de junho de 2010